Segunda-feira, 1 de Agosto de 2011
The Printed Blog Portugal

É já amanhã. Entra Agosto e a The Printed Blog Portugal. Uma revista que traz para o papel uma colecção de autores do online que sabe pensar, escrever e fidelizar. Construida por quatro mulheres e um homem nas esplanadas de Lisboa. Ao ar livre que é melhor que o condicionado. Para levar para a praia, para o campo, para a cama ou para a casa de banho. Para sublinhar ou rasgar. Para ensinar o cão onde deve fazer o cocó. Para ler no metro ou durante o voo para férias. Cuidado ao abrir: não carregar no Enter.

 



publicado por Menina da Rádio às 04:00
link do post | comentar | partilhar

10 comentários:
De Red Light Special a 2 de Agosto de 2011 às 20:17
Quem não tem cão, ensina as gatas...
Amanhã um exemplar é meu.


De Marianne a 8 de Agosto de 2011 às 11:35
Olá!
Blogger desde 2003, não podia deixar de ler a 1ª The Printed Blog.

Gostei. Da dinâmica, do ritmo, da organização e de algumas crónicas. De alguns convidados, com especial ênfase para a Sónia Morais Soares e para o Tiago Oliveira Cavaco.

Não gostei de erros ortográficos. Fiquei meio embasbacada a tentar perceber como é que aquilo aconteceu, sendo que "aquilo" eram uns erros daqueles que não são fáceis de dar...

Pode ter sido problema de tradução (estão na crónica da Kendra Cunningham), mas ainda assim acho que a edição devia tê-los apanhado. A saber: "idéia" em vez de "ideia" e "suou-me" em vez de "soou-me" (este último fez-me tremer, confesso!).

Nada de muito grave... ainda assim, achei que devia contactá-la (e como foi difícil encontrar forma de o fazer!! Nem um mail disponível na revista inteira - exceto o do Diretor Comercial, mas achei melhor não ir por aí)...

Ainda assim... ansiosamente à espera do próximo número, claro!


De BlueAngel a 9 de Agosto de 2011 às 20:17
Pode ser que com a revista este teu blogue volte a nascer; a malta gosta de cá passar e ler novidades. Comprei a revista em Portimão depois de alçguma dificuldade em encontrá-la e mesmo no local onde a comprei a funcionária não sabia da sua existência e fui eu que a descobri nos escaparates.

Gosto do papel e do grafismo. Interrogo-me sobre os temas ou se aquilo serão, na sua maioria, textos apanhados ao calhas e colocados na impressão. Como funciona a escolha de bloggers (que dos famosos não conta falar) e como funciona a escolha dos textos. Como disse o comentador anterior optei por vir aqui, porque na revista não há um único mail que possamos utilizar a não ser o da direcção comercial que destas questões não me parece que deva opinar. Estou expectante com a segunda edição e com as seguintes, penso que são sempre as mais complicadas de fazer, porque tem de se dar seguimento ao trabalho iniciado. E como posso entyrar em contacto contigo Comigo é fácil monologosedialogos@gmail.com

Continuação de bom trabalho e espero que continuação de blogue tb. :-)


De BlueAngel a 9 de Agosto de 2011 às 20:18
Peço desculpa pelas gralhas, nem o flip as identificou lol


De Manuel João a 12 de Agosto de 2011 às 14:50
Há uma distribuição a nível nacional?


De Menina da Rádio a 12 de Agosto de 2011 às 23:50
Olá a todos. O meu email é joanaazevedo@hotmail.com

E sim, a distribuição é a nível nacional.

Nós não escolhemos textos da internet. Escolhemos os autores que nos escrevem especificamente para um determinado tema. São exclusivos.

Quanto aos erros, também nos sentimos irados por tal ter acontecido. E não volta a acontecer, olhos de falcão!

Obrigada a todos pelo interesse na revista.


De Salvador a 13 de Agosto de 2011 às 19:40
Boa tarde, Menina da Rádio ))

Gosto de gente assim, capaz de passar do papel ao papel, do virtual ao real. Li hoje (na praia, tal como recomendado) e gostei bastante. As crónicas são excelentes, o grafismo muito bom e a directora muito bonita.
Parabéns e continuem assim, continuem connosco.

Cumprimentos


De salvadorh a 13 de Agosto de 2011 às 19:47
Ah, já me esquecia!

Veja lá se arranja um tempinho para ir escrevendo umas coisas por aqui...))


De Anónimo a 14 de Agosto de 2011 às 22:45
Pena ser em papel couché, senão dava para limpar o dito cujo. Assim, só da para forrar caixotes de lixo.


De naotenhoquefazer a 16 de Agosto de 2011 às 23:04
uma iniciativa fantástica!


Comentar post

Pesquisar
 
Posts recentes

Barrigada de sushi

The Printed Blog Portugal

Símbolos

Antes que seja tarde...

Se Conduzir, Não Escreva

Isto é só para dizer que ...

Do Fastio

Sei que sou muito feminin...

Lições básicas para o hom...

Pobres mas Bem Vestidos

Mais comentados
15 comentários
11 comentários
Arquivo

Agosto 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Tags

todas as tags

blogs SAPO
Subscrever