Terça-feira, 28 de Setembro de 2010
Coisas que me passam pela cabeça quando estou a pensar noutras Coisas.

Olá, não gosto do arco-íris. Quem é que inventou isso? Nada contra a bandeira gay, são mesmo as corzinhas no céu que me irritam. O céu é azul, às vezes é cinzento, chove, e pronto. Já quando fica cor-de-rosa e as pessoas todas contentes porque vai estar bom tempo no dia seguinte, é estúpido. Devem ser pessoas que pintam o quarto de cor-de-rosinha para se sentirem mais contentinhas, usam diminutivos e fazem festinhas a pessas que mal conhecem. Ah, e dão abraços, muitos abraços, mesmo que nem gostem muito das pessoas que abraçam. Deixa-me toda abespinhada, dá-me nos nervos. Não gosto de arcos, nem no céu nem dentro de casa, já não se usam e só designers de mau gosto é que ainda se lembram de pôr arcos em vez de portas, nas entradas para as salas e para os halls. E depois a ideia por detrás do arco-íris arrepia-me: a combinação de sol e chuva, que é quase sempre acrescentada de casamento da viúva. Por que raio é que uma viúva se casa quando há sol e chuva? Nunca percebi. Por ser uma mistura de segunda oportunidade com o peso de se ter perdido alguém? Filha minha nunca se vai chamar Íris. Nem Arco. Nem Marco. Nem Rosa. Não gosto. Mas gosto da palavra abespinhada e vou usá-la mais vezes. Só para saberem.



publicado por Menina da Rádio às 16:07
link do post | comentar | ver comentários (4) | partilhar


Pesquisar
 
Posts recentes

Coisas que me passam pela...

Mais comentados
Arquivo

Agosto 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Tags

todas as tags

blogs SAPO
Subscrever